Mais lidos

Trecho diário - Sivan Rahav Meir

Povo do Livro

O Trecho Diário

Povo do Livro
Zvi Eichnold, 94 anos, subirá ao palco nesta noite em Jerusalém, na festa da Organização “O Talmud Israelense”. Aqui está o discurso que ele preparou:

“Desde a minha infância, os livros tem sido  meus melhores amigos. Na minha juventude, quando os nazistas incendiaram a Europa, eles começaram a queimar livros judaicos. A visão de judeus em uma sinagoga aprendendo Gmarah  fazia parte do cenário de minha infância na Polônia, assim como minha escola em que crianças sentavam repetindo os versos da Torá e Mishnayot. Quase todas as crianças que eu conhecia naquela época foram assassinadas. Juntamente com centenas de páginas de Gemarah e Rashi que elas dominavam, essas crianças foram levadas ao céu em um turbilhão. O amargo inimigo não suportava os sons do estudo, a Torá e seus conteúdos.
*"Desde que deixei os campos de concentração e escolhi viver, tenho sido honrado todos os dias, por décadas, por estudar e até ensinar Mishná e Gemara. Quando me pediram para comemorar com as crianças e os pais que estudavam o "Talmud Israelense", senti que era outra doce vitória: 80 anos depois que o Talmud foi queimado diante dos meus olhos, depois que do Povo Judeu sobraram só remanescentes feridos, milhares de crianças e seus pais estudam juntos e completam todo o Talmud. O que diriam meus amigos de infância que não foram salvos, se eles soubessem que eu, junto com três gerações de meus descendentes – meu filho Dubi, meu neto Ofir e meu bisneto Tene – estão aqui como israelenses orgulhosos, sobre o palco, em Jerusalém, Capital de Israel, Estado do Povo Judeu¿ Será que acreditariam¿ Quão grande é o direito e quão grande é o dever.
"Ao estudar as últimas linhas do Talmud, examinarei o número tatuado no braço esquerdo. 134105. Um número cujo objetivo era, além da humilhação, dizer: 'לְכוּ וְנַכְחִידֵם מִגּוֹי וְלֹא יִזָּכֵר שֵׁם יִשְׂרָאֵל עוֹד'- “eles dizem: vamos destruí-los para que não sejam uma nação e não mais haja lembrança do nome de Israel (Salmos 83 5).  Do número, voltarei meus olhos para a Gemara, para a maravilhosa jornada das 2.711 páginas talmúdicas que estamos terminando, e direi: ברוך שהחיינו וקיימנו והגיענו לזמן הזה" Bendito sejas Tu, que nos concedeu a vida, nos sustentou e nos permitiu chegar a esta ocasião.*