Mais lidos

Parashat Mattot

A arma mais poderosa

O Trecho Diário, Parashat Matot

A arma mais poderosa
Para se conseguir a arma mais poderosa não é necessário ter qualquer licença. Ela já é nossa: o poder da fala. No início da parashá da semana, Moshe reúne o povo e anuncia que uma pessoa que promete algo, não deve profanar o que disse: כְּכָל הַיֹּצֵא מִפִּיו – יַעֲשֶׂה “De acordo com o que sair de sua boca - faça”. O Rabi Nachman de Breslev escreve que através da nossa parashá “vemos e entendemos a grande potência do poder da fala”.

O Rav Yaakov Edelshtein, Rabino-Chefe de Ramat HaSharon, costumava dizer que o homem precisa aprender que mover a língua é mais difícil e pesado que mover a mão ou o pé. Quando se pega um martelo para bater um prego, se planeja com antecedência o que deve ser feito. Do mesmo jeito, deve-se almejar fazer com a fala. Quando falamos “Eis que você é santificada para mim” (declaração do noivo para noiva na cerimônia de casamento), cria-se uma nova realidade. Algo no mundo mudou depois daquela frase. Da mesma forma, quando se fala “você é bobo e feio” cria-se uma nova realidade, difícil de mudar depois. A vida e a morte dependem da língua, e a escolha de trazer a vida ou a morte através do poder da fala, é nossa.
Shabat Shalom.