Mais lidos

Parashat Chukat

Cérebro e Coração

O Trecho Diário - Parashat Chukat

Cérebro e Coração
Que triste ver tal violência. Que triste é ver tamanha incompetência policial. Na parashá desta semana nos despedimos de dois líderes - Aharon HaCohen morre e Moshe Rabbeinu foi avisado que não iria entrar na Terra de Israel. Parece que a combinação dos dois pode nos mostrar que liderança cada sociedade precisa: Aharon é um homem de bondade. Ele é descrito como um "amante da paz" e até mesmo como um "perseguidor da paz". Que bela expressão. Da mesma forma que há pessoas que perseguem dinheiro ou publicidade, Aharon simplesmente persegue ativamente a paz. Por caminhos alternativos ele anda e reconcilia as diferentes partes do povo judeu. Quão importante é ouvir a angústia, dar espaço para sentimentos de discriminação e privação, dando a cada pessoa um sentimento de pertencimento. Mas ao lado de Aharon, também atua Moshe Rabbeinu, que é identificado com a virtude da verdade e da justiça. A Torah de Moshe constrói um sistema social organizado. Existem leis e elas devem ser obedecidas. Existe lei e ordem, há aplicação das normas e há punição. É impossível digerir a violência e a anarquia. É impossível tomar de refém milhões de cidadãos inocentes, por causa de protestos violentos.

Alguns comentaristas explicam que Aharon é o coração e Moshe é o cérebro. Cada um de nós tem que acionar essas duas características em sua vida privada. A sociedade israelense também precisa desses dois elementos, para curar feridas e seguir em frente.