Trecho Diário, Parashat Shelach
Mais lidos

Parashat Shelach

A manchete está em suas mãos

Trecho Diário, Parashat Shelach

A manchete está em suas mãos
E aqui estão as manchetes desta manhã: milhões de famílias felizes levantaram para uma nova semana. Milhões de israelenses que não estão desempregados ou pobres foram à escola ou ao trabalho e chegaram ao seu destino sem um acidente. Um milhão e meio de crianças que não estão famintas foram para escolas que não estão em greve e foram aceitas por professores dedicados e incentivadores.
_Tudo isso realmente aconteceu, a questão é em quem se concentrar. A porção semanal da Torá ("Shelach") descreve o pecado dos espiões, que é considerado um dos mais difíceis de nossa história. 12 espiões saíram do deserto e receberam uma missão: Relatar a situação de Eretz Israel. 10 retornaram com manchetes pessimistas, negras e assustadoras e sugeriram que voltássemos ao Egito, e apenas dois contaram sobre a Terra Prometida, um país lindo e abençoado que estava esperando por nós se continuássemos nossa jornada. Nossos comentaristas explicam que o pecado dos espiões é considerado tão grave que nos acompanha até o dia de hoje: Como olhar para a nossa vida? O que procurar na realidade, as partes iluminadas ou escuras? E se somos parte de uma grande e significativa história que também tem desafios ou não há nenhum significado no que fazemos e, portanto, não há razão para fazer um esforço? 
Por alguma razão, o otimismo é considerado uma fuga da realidade, e o pessimismo é considerado real, mas não é. A decisão de como interpretar as coisas - do deserto até a manhã deste domingo - é nosso.