Trecho Diário
Mais lidos

Trecho diário - Sivan Rahav Meir

Tanach (Bíblia Hebraica) não é Literatura

O Trecho Diário

Tanach (Bíblia Hebraica) não é Literatura
O professor Herman Wouk, escritor, dramaturgo e ganhador do Prêmio Pulitzer, morreu nos Estados Unidos, aos 104 anos de idade. Ele era um sionista entusiasmado que, quando adulto, voltou a observar a Torah e os mandamentos: “Eu senti que havia uma grande abundância na tradição judaica, que era uma herança enorme, e eu teria que ser um idiota para não aproveitar tudo isso." Em seu famoso livro "This is My God” (Esse é o meu Deus: a maneira Judaica de viver), o grande escritor escreveu sobre a estrutura especial do Livro dos Livros, o Tanach: "Há não muito tempo atrás, um editor investiu muito dinheiro na publicação de uma espécie de Bíblia, para leitura como literatura viva. O editor adaptou o Pentateuco omitindo todas as leis. O Livro de Vayikra (Levítico), se bem me lembro, foi reduzido a cerca de meia página, incluindo um verso que parecia valer a pena: 'ואהבת לרעך כמוך', amarás ao próximo como a ti mesmo. O editor, um homem da “literatura viva", manteve o ato de Yossef e omitiu as leis ligadas à terra de Israel, porque a história de Yossef, alertava ele, se adequava aos padrões gregos, enquanto as leis são um material entediante. Os judeus nunca cortaram uma palavra sequer da Torah. O projeto do Tabernáculo e a divisão do Mar Vermelho – são um único valor aos seus olhos.”
Em memória de Hayim Eliezer Zelig (Herman) Wouk