Mais lidos

Trecho diário - Sivan Rahav Meir

Bar Mitzvah do meu filho, sob fogo

Trecho Diário

Bar Mitzvah do meu filho, sob fogo
"Shalom Sivan, aqui é Dália Harel de Sderot. Neste Shabat celebramos o bar mitsvá de nosso filho, Noam. Passamos meses nos preparando para o bar mitzvah, convidando pessoas de todo o país e estabelecendo um sério Kiddush para toda a comunidade. Noam leu tudo sobre a Parashat Kedoshim lindamente: 'Você será santo', 'Ame seu próximo como a si mesmo', 'Honre os idosos' - todas as maravilhosas mitzvot que aparecem na porção semanal da Torá. E então, durante Birkat HaKohanim, a Bênção Sacerdotal, de repente ouvimos as barragens de foguetes. Alguns de nossos convidados não estavam acostumados com isso e começaram a correr, sem saber o que fazer. Alguns dos abrigos antiaéreos não se abriam, e a alegria que encheu o salão momentos antes foi substituída pelo medo. Os experientes residentes de Sderot fizeram o possível para acalmar os convidados, oferecendo incentivo e demonstrando resiliência. O momento marcado em minha memória foi quando uma mãe assustada envolveu seus dois filhos perto dela em seus braços, e eu me aproximei e envolvi todos os três nos meus. Nossos incríveis membros da comunidade começaram a chegar ao salão em grande número, a fim de dar um abraço e fornecer encorajamento, para que o bar mitzvah não fosse destruído. Eles dançaram e cantaram com Noam, levantando-o nos ombros, enquanto no fundo havia sirenes e explosões. Nós ficamos com uma grande quantidade de comida que sobrou depois (muitos dos nossos convidados correram para casa e não ficaram para a refeição) então doamos para os soldados apreciadores na bateria de Iron Dome mais próxima. Estou escrevendo esta carta no final da noite de sábado. Neste momento, minha casa está tremendo e meus filhos também, e meu telefone está falhando de todas as mensagens de encorajamento que estão chegando de todos. Um de nossos amigos, Liron Tsedaka de Sderot, escreveu algo lindo sobre o que passamos: nós tivemos que terminar as orações rapidamente, sem ler o primeiro capítulo de Pirkei Avot, a Ética dos Pais, que os judeus ao redor do mundo tradicionalmente começaram a ler este Shabat. Mas em Sderot, em nossa comunidade, embora não tenhamos lido Pirkei Avot, vivemos isso! Tivemos o privilégio de ver a Ética dos Pais, que trata principalmente de como as pessoas devem tratar umas às outras, ganhar vida, sob fogo, em um momento de emergência. Neste momento ouço outra sirene, então tenho que parar de escrever. Shavua tov, tenha uma boa semana ".