O Trecho Diário / Sivan Rahav-Meir
Mais lidos

Parashat Shemini

O Trecho Diário / Sivan Rahav-Meir

O Silêncio assombroso de Aharon / Trecho Diário / Sivan Rahav Meir

O Silêncio assombroso de Aharon
Você ainda não postou nada sobre a última tempestade? Você ainda não expressou sua opinião sobre as novidades mais recentes?
Você não tem nada a dizer?! Por que você está em silêncio?
Nós dizemos, digitamos e ouvimos inúmeras palavras por dia. O texto incessante, junto com a resposta quase imediata, cria uma realidade na qual de repente não é mais legítimo não dizer nada. Todo mundo está falando e muito! E você sente que não tem escolha, você tem que participar.
Na porção da Torá desta semana, Shemini, ocorre uma tragédia. Os dois filhos de Aharon morrem no mesmo dia, durante a Inauguração do Tabernáculo.
No meio deste evento festivo e feliz, centrado em torno de Aharon, ele recebe a notícia de que seus dois filhos morreram. Todos devem ter esperado para ouvir sua reação. Mas a Torá descreve o que aconteceu em seguida em duas palavras poderosas: *"VaYidom Aharon" - "E Aharon ficou em silêncio".*
Neste momento trágico e traumático, Aharon escolhe o silêncio.
Às vezes o silêncio é mais poderoso que palavras.
Às vezes você precisa ter tempo para se voltar para dentro, para absorver completamente, para pensar.
O silêncio não é uma coisa passiva. Pelo contrário, você não precisa de força para falar. As palavras saem da sua boca, sem problema.
Para ficar em silêncio requer força.
Respostas on-line superficiais enchem o mundo, mas o silêncio ecoante de Aaron continuou a nos acompanhar por milhares de anos, muito depois de muitas outras palavras terem sido esquecidas há muito tempo.