Mais lidos

Tisha B’Av

LEIS SOBRE OS DIAS DE LUTO - as 3 semanas entre 17 de Tamuz até 9 de Av

Casamento e música, Shehecheyanu, cortar cabelo e unhas e mais... Todas as leis de luto, confere aqui.

Beit Hamikdash - O Templo em Jerusalem
CASAMENTOS E MÚSICA
 
1.     Já que no dia 17 de Tamuz foi o início dos acontecimentos da destruição dos dois Beit Hamikdash, portanto entre este dia e o dia 9 de Av, nos comportamos como enlutados em certos aspectos.
 
2.     Não se realizam casamentos. Porém fechar um shiduch é permitido até o início do mês de Av, mesmo sendo feito com refeição de mitsvá. A Partir de rosh chodesh Av, mesmo que é permitido fechar shiduch, de qqr modo é proibido fazer refeições de mitsvá, mas é permitido comer doces e etc... . Para os sefaradim é permitido casar nestes dias. Mesmo assim o costume é de não realizar casamentos nestes dias.
 
3.     Yehudi que sua parnassá é tocar música, pode tocar na casa de um gentio até rosh chodesh, porém após esta data será proibido.
 
4.     Escutar música é proibido nestes dias, também para sefaradim.
 
 
SHEHECHEYANU
 
5.     O costume é de não recitar a berachá de shehecheianu nestes dias. Sobre frutas podem recitar shehecheianu no shabat, mas não sobre roupas importantes que a pessoa fica com alegria ao vestí-las, mesmo sendo no shabat. Aquele que faz Bar Mitzva nos nove dias antes de tisha beav, também não pode vestir um paletó novo nestes dias. Portanto, é aconselhável que a aliá na Torá faça no Shabat anterior, para que neste shabat vista o novo paletó quando ainda é pequeno.
 
6.     Mitsvot que devem ser feita por ela a berachá de shehecheianu, devem ser feitas as berachot, para não perder a mitsvá. Isto se trata em relação à Berit Milá e Pidion Haben.
 
CORTAR CABELOS E UNHAS
 
7.     O costume é de não cortar os pelos do corpo, tanto da cabeça quanto os da barba e de outros lugares. Também é proibido que os grandes cortem os cabelos dos pequenos. A não ser que se trate de corte de mitsvá. Quem tem brit milá nestes dias, pode cortar cabelo, os pais, o mohel e o sandak. Porém caso o brit seja na semana de tisha beav, o corte pode ser feito até antes do Shabat.
 
8.     Em relação ao bigode, caso atrapalhe a comer é permitido cortá-lo até mesmo na semana que cai nele tisha beav.
 
9.     Cortar unha é proibido somente na semana que cai nele tisha beav. Porém em caso que o corte seja para uma mitsvá, pode. Neste ano que o jejum é postergado, é permitido cortar unhas durante toda a semana anterior ao tisha beav, porém não na sexta feira que é rosh chodesh av. Na sexta feira que é véspera de Tisha Beav, é permitido cortar as unhas em honra do Shabat.
 
10.  Segundo o costume sefaradi, tudo o que é proibido na semana de tisha beav, neste ano não há proibição.
 
DIMINUIÇÃO NA ALEGRIA
 
11.  Desde o início do mês de Av, se diminui a alegria. Portanto, não se constrói construção de alegria ou para que esteja simplesmente com mais conforto. Caso tenha contratado um gentio para fazer certo trabalho que é proibido nestes dias, que tente fazer com que ele aceite não trabalhar nestes dias. Se não, que este gentio faça o trabalho.
 
 
12.  Caso tenha uma ação na justiça com um gentio, é melhor que na medida do possível adie para o próximo mês. Se não pelo menos até depois de tisha beav.
 
13.  Não se marca operação e tratamento médico para estes dias.
 
CARNE E VINHO
 
14.  O costume é que nestes nove dias até tisha beav, não se come carne e nem se bebe vinho. Mesmo em cozido que foi cozido com carne, tanto carne de boi ou galinha.
 
15.  A pessoa que lhe prejudica comer leite, pode comer carne e cozidos feitos de carne.
 
16.  Enfermo pode comer carne. Se é possível que deixe de comer carne do dia sete de av, e assim costumam as parturientes.
 
17.  Em refeição de mitsvá, como brit milá, pidion haben, bar mitsva ou encerramento de um tratado do Talmud, pode comer carne.
 
18.  Os que estão permitidos em comer carne nas refeições de mitsvá são: os pais, irmãos, os que tem haver com a mitsvá (no caso de brit: mohel e o sandak). Fora estes, podem ser convidados dez amigos que participariam desta refeição caso teria sido feita em outra data.
 
19.  A refeição que é feita na noite anterior ao brit milá, não é refeição de mitsvá, e deve ser feita com produtos lácteos.
 
20.  Havdalá em Motsei Shabat: o copo de vinho (ou suco de uva), deve ser bebido por uma criança pequena que sabe fazer brachá, mas que não tem noção sobre o luto. Caso não consiga, que a própria pessoa beba o vinho (ou suco de uva).
 
 
LAVAR ROUPA
 
21. ASHKENAZIM- Não se lava roupa nestes dias, mesmo roupa que não será vestida somente após o jejum, mesmo que uma lavadora gentia prestará este serviço. Porém uma lavadora judia, pode lavar roupa de gentio (parecido com o caso que um judeu pode tocar música para um gentio, caso seja sua parnassá). Mesmo assim é preferível que não faça na semana que cai nela tisha beav, a não ser que faça de modo que os outros não vejam.
     
      SEFARADIM- É permitido até Tisha Beav.
 
 
VESTIR ROUPAS LIMPAS E LAVADAS
 
22.  É proibido nestes dias vestir roupas limpas e lavadas, mesmo as que foram lavadas antes de rosh chodesh Av. Em respeito ao Shabat, é permitido usar roupas de Shabat limpas e lavadas, trocar as toalhas de mesa. Porém pôr lençol branco, é proibido. Roupas brancas que se necessita colocar por necessidade de mitsvá é permitido. Não mencionar no shiur.
 
23. Crianças pequenas que sempre sujam suas roupas, é permitido que sejam lavads nestes    dias, porém sem que seja visto pelas pessoas, e também não pôr muitas roupas de uma vez só.
 
24. Costurar roupas novas ou fazer sapato por encomenda e etc..., é proibido de ser feita nestes dias. Até mesmo costurar meia é proibido. A não ser que a pessoa tenha casamento logo após tisha beav, que será permitido sendo feito por um gentio. Antes de rosh chodesh é permitido fazer com gentio, mesmo que este terminará depois.
 
TOMAR BANHO
 
25. É proibido banhar-se nestes dias, mesmo com água fria. Exceto no caso de banhar separadamente a face, as mãos e as pernas. Porém banho de saúde, como por exemplo para uma mulher parturiente, ou qualquer outra pessoa por ordem médica, podem banhar-se até com água quente. Caso a pessoa sue muito e "prejudique o meio ambiente", também é permitido tomar banho, desde que tenha em mente que o banho tomado não é para um prazer e sim por questões higiênicas.
 
26.  A mulher que necessita emergir no mikvê pode tomar todos os banhos necessários para cumprir este preceito. Caso necessite ir ao mikvê na noite posterior ao tisha beav, mesmo que possa banhar-se preparatóriamente na noite posterior ao jejum, de qualquer modo pode banhar-se na véspera de tisha beav. O mesmo se aplica quando veste roupas brancas nos dias anteriores ao mikvê.
 
27.  Rosh chodesh Av que cai na sexta-feira, como nesse ano, aquele que está acostumado a tomar banho de água quente em todas as vésperas de Shabat, pode fazer isto nesta véspera de Shabat. Mas na véspera de Shabat Chazon (Shabat anterior ao tisha beav), é proibido banhar-se com água quente, mesmo aqueles que estão costumados. E mesmo estes costumados, podem com água quente somente banhar separadamente a face, as mãos e as pernas.
 
28.  Aquele que está acostumado a lavar a cabeça toda sexta-feira, pode fazer isso tb na sexta que é rosh chodesh, porém sem sabão. A pessoa que costuma emergir no mikvê, toda sexta feira, sem faltar nenhuma vez, pode fazer isso tb nesta sexta-feira.
 
29.  Brit milá nestes nove dias: os pais, o mohel e o sandak, vestem roupas de Shabat. Os que trazem o neném, também vestem roupa de Shabat. Podem barbear-se antes do shabat chazon, e não depois.
 
30.  No shabat antes de tisha beav, é permitido vestir roupas de Shabat.
 
 
LEIS SOBRE A VÉSPERA DE TISHÁ BE AV
 
BRIT MILÁ & PIDION HABEN
 
31-  Brit milá e resgate do primogênito que caíram na véspera de Tisha Beav, a refeição de mitsvá é feita antes de chatsot, já que após chatsot é proibido comer carne e beber vinho.Não é costume de passear neste dia.
 
ESTUDO DE TORÁ
 
32- Há quem costume de não estudar a partir de chatsot, somente as coisas que podem ser estudadas no próprio tisha beav. Aqueles que são lenientes, não é devido que advirtam à eles. Isto não inclui quando tisha beav no shabat
 
SEUDÁ MAFSSEKET
 
33- Em relação a seudá mafsseket, existem vários costumes. O mais adequado é o seguinte: comer antes de minchá uma refeição bem farta com pão. rezar minchá e ao perto do anoitecer, que a pessoa sente no chão  estando longe de outras pessoas, para não estar obrigado à fazer zimun (caso tenha acontecido que sentaram juntos, não de diz zimun).
 
34-  Se come pão com ovo cozido frio, e se imerge o pão em cinzas.
 
35-  A Partir da shekiá está tudo proibido como no próprio dia de tisha beav.
 
LEIS DE TISHA BEAV
CONDUTA NA SINAGOGA
 
36- Em arvit, se entra na sinagoga sem os sapatos, ou com sapatos de borracha. O costume é de retirar a parochet do aron kodesh. São acendidas poucas luzes, e se reza arvit bem devagar quase chorando pelo luto. Não se diz o acréscimo de nachem, até minchá no dia seguinte. Após a shemone essre, é recitado o kadish completo com titkabal, se sentam no chão com poucas luzes, para que possam recitar as kinot e ler a meguilá de eichá.
 
      Mulheres não estão obrigadas à ir para a sinagoga escutar a meguilá de eichá. Mulher que entende a meguilá e tem tempo para isso, é bom costume que leia a meguilá em casa.
 
SENTAR/DORMIR
 
37- No tishá beav se senta no chão, tanto em casa quanto na sinagoga. Quem tem dificuldade, pode colocar um travesseiro ou almofada abaixo, ou sentar em cadeira baixa de criancinhas. Mulheres estão isentas disto. Quem viaja em carro ou em transporte público, não tem problema em sentar no assento do veículo.
 
38-  A pessoa deve diminuir um pouco o conforto ao dormir neste dia. Portanto, aquele que dorme com dois travesseiros, que durma somente com um. Tem gente que dorme no chão, e tem pessoas que põe o colchão no chão. Cada um com seu nível e costume.
 
CIGARRO
 
39-  É aconselhável que não se fume neste dia, a não ser por motivo especial que não seja por prazer e mesmo assim, somente para quem esteja acostumado. De qualquer modo, que não fume no momento que o público está recitando as kinot.
 
SHACHARIT
 
40-  Em shacharit, não se põe tefilin e talit. Mesmo o enfermo que come neste dia, que não ponha tefilin em shacharit. Porém quando comer pela segunda vez após chatsot, deve pôr tefilin antes de comer, e também põe tefilin quando reza minchá. O mesmo se aplica àquele que tem berit milá no tishá beav postergado, que ponha tefilin antes de comer após chatsot.
  
41-  Aquele que está de luto nestes dias, pode ir à sinagoga e até mesmo subir na Torá e ler a haftará, pois todos são enlutados neste dia.
 
ESTUDAR TORÁ
 
42-  O estudo de Torá alegra os corações. Portanto, está proibido estudar Torá em tisha beav em coisas que alegram. Somente em assuntos ligados aà tishá beav, e assuntos gerais de luto e tristeza, é que podem ser estudados. E mesmo assim, somente de modo superficial e não de modo profundo. A proibição é desde chatsot da véspera de tisha beav. Há divergência entre os legisladores da halachá sobre o estudo de Torá do que pode ser estudado neste dia, se está permitido ou se há obrigação, mesmo assim, segundo os que opinam que é permitido e não obrigado, está proibido ler livros de história ou jornal e etc..., principalmente que ao lê-los, a pessoa sente certo prazer.
 
 
GRÁVIDAS/PARTURIENTES/ENFERMOS
 
43- Mesmo mulheres grávidas e parturientes, devem jejuar integralmente, a não ser que estejam sofrendo e estejam com fraqueza. Nestes casos, cada uma deve aconselhar com seu rabino, pois muitas vezes as pessoas "sentem fracas", e já permitem à si mesmas, não jejuar. Neste ano que o jejum é postergado, a conduta é mais leniente.
Mulher grávida que lhe foi permitido comer, pode comer imediatamente de manhã, ou seja, que jejue pelo menos de noite. O quanto ela puder diminuir o prazer na comida, comendo comidas não cozidas, ou verduras frescas, e etc..., é preferível.
 
Mulher parturiente durante os trinta dias desde o nascimento do neném, não jejua.
 
Um enfermo, mesmo que não está em perigo come imediatamEnte, mais ainda no caso que o jejum é postergado para motsaei shabat.
 
A pessoa que deve tomar remédio, que tome sem água ou com alguma bebida amarga.
 
 
LAVAGEM DO CORPO
 
44-  É proibido tomar banho tanto com água fria quanto com água quente, e mesmo estender o dedo dentro de um copo com água é proibido. A proibição é somente de tomar banho que lhe causa prazer, porém banho não por prazer é permitido. Portanto a pessoa pode lavar as mãos ao acordar pela manhã, com a condição que as lave até o final da junção dos dedos com a palma da mão. Depois de haver enxugado as mãos caso elas estejam ainda um pouco úmidas, pode passar as mãos nos olhos.
 
Caso qualquer parte do corpo esteja suja, é permitido limpá-las de modo comum.
 
Caso a pessoa tenha tocado nos lugares cobertos do corpo e nos sapatos, pode lavar as mãos até a junção dos dedos com a palma da mão. Deste modo também deve lavar as mãos depois de ter feito suas necessidades e a pessoa que entrou no sanitário sem ter feito nenhuma necessidade .
 
 
45-  As mulheres que cozinham e necessitam lavar os alimentos, não estão proibidas de lavá-los, pois não tem intenção de ser uma lavagem prazerosa.
 
A pessoa que está caminhando para cumprir um preceito, e o único caminho que tem para cumprir esta mitsvá é passando dentro de água, pode passar dentro da água na ida e na volta. Porém indo para salvar seus pertences, somente na ida pode passar na água.
 
 
PASSAR ÓLEO E CREME NO CORPO/DESODORANTE
 
46-  Passar no corpo por prazer óleo ou creme, é proibido. Mas as pessoas que passam por qualquer motivo de saúde, podem continuar passando.
 
Desodorante aerosol para que não se sinta odor de suor e repelente anti mosquito, é permitido passar.
 
SAPATOS DE COURO
 
47-  Calçar sapatos, somente os de couro são proibidos. Porém sapatos de pano, borracha e plástico, são permitidos. As pessoas que andam entre os goim, devem andar de sapato (permitido) na rua. As pessoas que fazem uma longa caminhada e os sapatos dos materiais citados acima lhes incomoda, pode colocar os de couro durante o caminho. Porém ao chegar no lugar almejado, deve pôr os sapatos de material permitido.
 
Em relação aos pequenos, o costume é de acostumá-los a não calçar sapatos de couro, mesmo em idade baixa. Porém crianças de dois ou três anos, e mais ainda em caso que se não calçarem sapatos de couro, pode haver certo perigo, está permitido calçar sapatos de couro.
 
CUPRIMENTAR OS AMIGOS
É proibido cumprimentar os amigos e os conhecidos dizendo shalom, e até mesmo dizer bom dia está proibido. Porém caso alguém que não tem noção desta proibição lhe cumprimentar, pode responder de modo bem superficial para que não se sinta ofendido.
 
É permitido abençoar neste dia. Portanto pode dizer "mazal tov", por exemplo em brit milá, porém é proibido dar presente.
 
 
OCUPAÇÕES ALHEIAS
 
49-  Em relação à trabalho, o costume é que qualquer trabalho que a pessoa demora fazê-lo, mesmo que não é uma obra de profissional, está proibida de ser feita, desde a noite até a tarde. Porém coisas que a pessoa não demora fazê-la, como acender luzes, amarrar sapato e etc..., é permitido.
 
A tarde é permitido fazer todos os trabalhos, desde que não se fixe para fazer estes trabalhos, pois deste modo estará desconectando-se do luto. O temente não faz nenhum tipo de trabalho, para que não esteja desligando-se do luto. Através de um gentio, é permitido que sejam feitos todos os trabalhos, desde que não seja feito em público.
 
Em caso de perda, a própria pessoa pode fazer o trabalho.
 
Ordenhar a vaca, é permitido mesmo pela própria pessoa, pois caso não seja feito lhe será causado prejuízo.
 
 
PREPARAR COMIDA
 
50- O costume é de que não se prepara comida para motsei tisha beav, antes de chatsot, exceto em caso de refeição de mitsvá, que é permitido preparar antes.
 
BRIT MILÁ
 
 
51- Caso haja brit milá nesse dia, segundo os ashkenazim o costume é de fazê-lo após o término das kinot, mesmo que esta terminou antes de chatsot. Segundo o costume sefaradi, o brit é feito somente após chatsot.
 
Os pais o mohel e o sandak, estão permitidos em vestir roupas de shabat, e em seguida devem trocar para roupas comuns.
 
O pai deve pôr talit de outra pessoa (para não estar obrigado a recitar beracha do talit) caso o brit seja feito antes de chatsot. Caso o brit seja feito após chatsot, pode pôr seu próprio talit e também tefilin.
 
Sentar em cadeira, é possível somente o sandak caso o brit seja feito antes de chatsot.
 
O mohel pode cortar as unhas, lavar as mãos e a boca, para não infeccionar o orgão do brit, ao chpar o sangue.
 
O vinho deve ser bebido por uma criança que sabe recitar berachot, mas não tem noção exata dos assuntos de luto. Caso a mãe não jejue, o vinho é tomado pela mãe.
 
Caso por motivo médico o brit foi adiado e no tisha beav o neném estava pronto para o brit, o brit deve ser feito mesmo em tisha beav.
 
LEIS DE QUANDO TISHA BEAV CAI NO SHABAT OU MOTSAEI SHABAT
SEMANA DE TISHA BEAV
Quando tisha beav cai no shabat ou no motsaei shabat: Segundo o costume sefaradi, não há proibição de tudo que é proibido na semana de Tisha Beav. Ou seja, cortar cabelo, lavar roupa, vestir roupas limpas lavadas, cortar unha. Comer carne, o costume sefaradita, é que isto é proibido desde rosh chodesh.  Segundo o costume ashkenazi, não há rigor pela semana que nela cai tisha beav, portanto é permitido cortar as unhas nesta semana. Porém em Rosh Chodesh Av que caiu na sexta feira, como neste ano, é proibido. Pois  háuma proibição específica de cortar unhas em Rosh Chodesh.
 
 
ESTUDAR TORÁ
  
53-  No Shabat que é Tisha Beav, ou que é véspera de Tisha Beav, é permitido estudar Torá de modo comum cm em qualquer Shabat, mesmo que caso este dia caisse no meio da Semana estaria proibido de estudar Torá após chatsot.
 
SEUDÁ MAFSSEKET
 
54-  Tisha beav qua caiu no shabat e foi postergado para o domingo ou que saiu a princípio no domingo, se come carne e se bebe vinho mesmo na seudá shelishit, porém caso não seja seu costume sentar com amigos neste sudá, que não faça isto neste shabat especificamente. Porém com seus familiares pode sentar e até fazer zimun (o que não pode caso a seudá mafsseket seja em dia comum). Esta seudá deve ser pausada antes da shekiá, pois no Bein Hashemashot, já é proibido em tudo que é proibido no tisha beav.
 
HAVDALÁ
 
55-  No Motsaei Shabat, deve ser feito em casa berachá sobre a vela, depois de recitar, baruch hamavdil bein kodesh lechol. Na Shemonê Essrê se diz atá chonantanu. Porém havdalá sobre o vinho somente motsaei tisha beav. Não se faz berachá sobre bessamim.
 
Na noite após o jejum, caso o tisha beav foi postergado como neste ano, é proibido comer carne e beber vinho pelo luto do dia anterior, porém na manhã seguinte, tudo o que era proibido é permitido. Tomar banho e lavar roupa é permitido já na própria noite de motsei tisha beav.