Se aproximar de D'us
Mais lidos

Viral na Web

Como podemos aprender do futebol, para se aproximar de D'us?

Nesses dias da Copa Mundial, temos uma oportunidade: Como podemos aprender do futebol, para se aproximar de D'us?

Se aproximar de D'us
Muitas vezes, uma pessoa decide em seu coração, como progredir, melhorar seus atos e ser uma pessoa melhor. Como avançar e se aproximar de D'us.
 
Mas nem sempre é fácil, às vezes é uma luta real. E na guerra, mesmo aqueles que vencem a guerra, "no meio do caminho", existem derrotas em certas batalhas. Nossa missão é de aprender tanto das vitórias como nas derrotas, o meio de nos conduzir para que possamos vencer no final.
 
As vezes, sentimos desespero que não dominamos e que deixamos que vençam a lógica e a inteligência. Por que isso é tão difícil? Por que temos que lutar?
Nossos sábios de abençoada memória nos ensinaram que o sucesso nas lutas, vem justamente nos momentos de quedas e dificuldades. Nestes momentos, as pessoas descobrem forças espirituais que até então estavam trancadas no subconsciente e que com estas forças a pessoa levanta para o auge de qualquer situação.
 
Um dos grandes Rabinos da última geração foi o  Rabino Shalom Schwadron de abençoada memória (falecido em 1998). Em uma de suas aulas fixas, ele descobriu que um dos frequentes e assíduos participantes, esteve ausente durante alguns dias.
 
Preocupado com seu aluno, o Rabino Schwadron visitou-o em sua residência.
 
Perguntou o Rabino: Por que você esteve ausente nos últimos dias?
 
Respondeu o aluno: Rabino, nestes dias, está acontecendo a copa do mundo de futebol. E eu, como sou roxo por futebol, não posso estar desligado dos jogos, comentários e resultados...
 
Perguntou o Rabino: Diga-me, o que é o jogo de futebol? Como funciona exatamente?"
 
Respondeu o aluno: Onze jogadores de cada equipe correm atrás da bola, tentando chutá-la para dentro das traves. Isto é chamado de gol!!!!!
 
Perguntou o Rabino: "E qual é a distância entre as traves?"
 
Respndeu o aluno: 7.3 metros!, respondeu o aluno com entusiasmo.
 
Disse o Rabino: "É por isso que vinte e duas pessoas precisam correr atrás da bola? Qual é o problema?" Que coloquem a bola quantas vezes que é necessário!!!
 
Disse o aluno: Rabino, não há graça nenhuma, se não há ninguém que impede que a bola entre entre as traves. Justamente quando o outro time luta para que eles também coloquem a bola entre as traves e que o outro time não coloque a bola entre as traves, é que o jogo é interessante.
 
Disse o Rabino: que seu ouvido escute o que sua boca fala. Não há graça nenhuma ir à aula quando não há ninguém fazendo força na direção contrária à sua. Exatamente quando há  uma luta, que muitas vezes é árdua, quando a pessoa domina este obstáculo conseguindo alcançar seu objetivo e sua meta, a pessoa consegue chegar ao auge da vida.