Salvo da toca do leão
Mais lidos

Crianças Hidabroot

Salvo da toca do leão

Uma história do milagre de Or HaChaim na toca do leão.

Salvo da toca do leão

Rabi Chaim Ben Attar, o Or HaChaim, era um sábio muito prudente que morava em Marrocos antes de se mudar para Jerusalém. Quando ele morava em Marrocos, ele fazia o seu sustento sendo um ourives, fazendo coisas lindas em ouro e prata. Uma vez, o rei enviou seus servos com uma oferta de ouro e eles lhe disseram: "O rei soube que você é o maior especialista neste campo e quer que você faça uma jóia bordada de ouro pois haverá o casamento de sua filha. Você terá 10 dias para completar." Os criados deixaram o ouro na mesa, viraram-se e partiram.

O Or HaChaim foi estudar e, em sua profunda concentração, ele logo se esqueceu do ouro na mesa de sua loja e também o trabalho completamente. No final de 10 dias, os servos do rei vieram pegar o trabalho acabado. O rabino disse que ainda não havia começado. Os servos imediatamente correram para o rei para informá-lo de que o rabino era muito grosseiro com o rei e se rebelava contra ele, porque ele nem sequer começou a fazer o ornamento que o rei pedia. O rei recebeu este relatório sobre o rabino rude e imediatamente decretou que o rabino deveria ser jogado na toca do leão como qualquer rebelde comum contra o rei.

Os soldados do rei vieram levar o Or HaChaim para a cova do leão para obter o seu castigo legítimo. Quando eles chegaram, o rabino pediu para pegar seu Livro de Salmos e usar seu Talit e Tefilin. Os soldados riram dele e disseram que ele iria morrer lá, mas eles deixaram ele fazer o que havia pedido. Os mensageiros do rei estavam a caminho de jogar o rabino na toca do leão e, mesmo de longe, quando ouviram o rugido dos leões eles estremeceram com medo. O Or HaChaim, por outro lado, ficou calmo e não demonstrou medo. Os mensageiros lançaram o rabino e olharam para ver com que rapidez ele seria devorado. Eles ficaram chocados quando viram os leões em submissão, lambendo seus pés e abanando suas caudas felizmente. O próprio rabino estava orando seu Livro dos Salmos embrulhado em seu Talit e Tefilin.

Os soldados correram para dizer ao rei o que viram e o próprio rei assistiu ao maravilhoso milagre. O rei gritou; "Agora eu sei que há um D'us em Israel". Ele ordenou tirar o rabino sagrado da cova do leão e o rei implorou ao rabino o perdão por insultar sua santidade. O rei perguntou-lhe como ele poderia ser salvo e o Or HaChaim explicou que, como a razão pela qual ele não fez o ornamento do rei era porque ele estava estudando Torá, a Torá protegia-o e salvou-o.

O rei enviou-o para casa com grande honra e muitos presentes.