Mais lidos

Israel deve permanecer um estado judaico ou não?

MK Yisrael Eichler relata como o prefeito de Tel Aviv, Diezengoff, impediu os carros de entrar na cidade no Shabat.

16.08.17 | 20:07
Israel deve permanecer um estado judaico ou não?

Em um encontro de emergência durante o recesso do Knesset, MK ( Membro da Kenesset ) Yisrael Eichler disse coisas pesadas  sobre o movimento de profanação em massa do Shabat na terra sagrada, permitindo que o transporte público funcione no Shabat.

"Eu não estou falando sobre o próprio Shabat que nós acreditamos e os judeus entendem que  D'us nos deu o Shabat como um presente e realmente as pessoas não podem dirigir; Nem um carro ou um táxi e nem devem fumar. Mas os fundadores do sionismo, não eu, estabeleceram que nosso estado deve ter um caráter religioso ".

"Diezengoff, o prefeito de Tel Aviv, ficou de fora e impediu que os carros entrassem na cidade no Shabat. Para nós, como guardiões da Torá e Mitzvot, a observância do Shabat é auto-entendida. Mas agora estamos discutindo o caráter do estado. O único elemento restante desse caráter judeu é que não haja transporte público no Shabat. Judeus seculares também querem caráter judaico e querem sentir a atmosfera do Shabat. Se você quer ter transporte público funcionando no Shabat, você deve declarar Israel como um estado de todos os seus cidadãos sem vínculos com o judaísmo.

Alguém que se denominou como''conselheiro do Likud'', se apresentou e disse que acredita que o estado deve permitir que seus cidadãos viajem de transporte público sempre que quiserem. No meio da sessão tempestuosa, MK Eichler respondeu imediatamente: "Você votou no Likud? O que Menachem Begin (o primeiro ministro do Likud nos anos 80) diz quando ele parou  El-Al de viajar no Shabat? Ele citou as palavras de (escritor e pensador israelita) "Achad Ha'am", que disse: "Mais do que Israel cuida do Shabat, o Shabat vigia Israel". A bandeira israelense não voará sobre a Europa no Shabat, pois isso seria Uma profanação da honra do Estado de Israel ".