De onde terei força para continuar ou desistir?

Casamento

De onde terei força para continuar ou desistir?

Quando você sabe o quão importante é a paz, você encontrará a força para lidar

15.08.17 | 10:47
 De onde terei força para continuar ou desistir?

De vez em quando, você vai ouvir um dos cônjuges de um casamento de longa data perguntar: "Eu sei que é importante ceder e  se sacrificar pela paz. Mas de onde terei força para lidar com isso? "

Na verdade, quanto mais tempo um problema permanece sem solução e se enraíza, mais ele se torna um desafio para enfrentar. Você precisará encontrar mais força para enfrentá-lo uma vez ou outra e lidar com isso até chegar no ponto em que o problema foi resolvido e você conseguiu a paz, a tranquilidade e a harmonia conjugal que você deseja.

Você pode contemplar os grandes ganhos que terá ao alcançar esse desejo de harmonia como motivação para continuar, até resolver o problema. Mas você também pode pensar em quão importante é a paz nos olhos de D'us, a grande recompensa pela busca da paz, e como seu sacrifício pela paz faz você ser semelhante a D'us, que também se sacrifica pela paz.

Nossos sábios dizem: "D'us não encontrou nenhum outro recipiente para manter a benção além da paz." (Mishnayot Uktzin, 3, 12) Bênção, uma abundância de tudo o que é bom, é o que toda a humanidade aspira. E aqui vemos que D'us diz que não existe um recipiente para manter essa benção além da paz. D'us colocou a paz como o fundamento de todos os mandamentos em sua Santa Torá e esse é o recipiente para carregar tudo o que é bom. Deste modo, você pode começar a entender a importância da paz em todas as relações interpessoais em sua casa e como vale a pena se sacrificar.

Quanto alguém deve se sacrificar pela paz?

O Talmud diz: "Grande é a paz entre um homem e sua esposa como diz a Torá, que o nome de Deus pode ser apagado para restaurar a paz entre um homem e sua esposa" (Hullin 141a).

Isso significa que se um homem suspeitar de infidelidade de sua esposa, suas vidas não são uma vida, seja ela inocente ou não. Para resolver esta situação intolerável, a Torá ordena ao Cohen( Sacerdote ) que escreva o capítulo do Sotah em um pergaminho, raspe e apague as palavras na água do templo. Então ele dá à mulher essa água para beber. D'us poderia ter comandado para pegar uma erva aleatória, colocá-la na água para ela beber e garantir que  resultados semelhantes. No entanto, D'us insistiu que o nome dele nesse capítulo seja apagado na água para ensinar a todas as gerações futuras a importante lição de quão importante é se sacrificar pela paz.

Portanto, a qualquer momento, um dos cônjuges se encontra com dificuldade em desistir ou continuar, mesmo que seja extremamente desafiador, ele deve perguntar a si mesmo: "A minha desistência agora é maior do que apagar o nome de D'us, que assim ordenou para trazer Paz entre um marido e sua esposa?'' Se ele aborda o desafio desta maneira, ele encontrará grande força para enfrentar muito mais do que ele poderia imaginar pela paz em sua casa.

 

Mais lidos
https://br.hidabroot.com/