Substituição de gene bem sucedida pode acabar com doenças genét...

Torah & Ciência

Substituição de gene bem sucedida pode acabar com doenças genéticas

Pesquisadores removeram com sucesso um gene defeituoso de um de feto, o substituíram por um saudável.

14.08.17 | 14:11
Substituição de gene bem sucedida pode acabar com doenças genéticas
Um grupo de pesquisadores dos Estados Unidos e  da Coréia do Sul tiveram um grande avanço quando conseguiram usar uma recombinação genética e substituir um gene defeituoso por um saudável. Este gene defeituoso causa um insuficiência cardíaca e foi isolado recombinado e substituído por um gene saudável na cadeia genética de um feto. Uma vez que o tem um gene saudável em vez do defeituoso, ele desenvolverá um coração saudável e não sofrerá com essa doença do coração.

Este gene defeituoso é um dos mais comuns que afeta 1 em cada 500 pessoas e causa uma desordem que pode fazer com que o coração de repente pare sómente por causa desse gene com defeito. Qualquer  um que carregue esse gene tem 50% de chances de transmiti-lo a seus filhos.

Os pesquisadores diseram numa entrevista da BBCb que este processo de substituição de genes pode prevenir até 10.000 doenças transmitidas geneticamente e podemos evitar que os pais passem o gene defeituoso para seus filhos, utilizando o método ''splicing''e substituindo-os por saudáveis. Um dos pesquisadores acrescentou que "todas as futuras gerações estarão carregando o gene reparado que já não está no grupo de genes da família desta criança. Com esta técnica, podemos aliviar o peso das doenças geneticamente transmissíveis em toda a humanidade ".

Esse suceso de substituição de genes trás questões morais: '' A maior questão a ser discutida é se devêssemos lidar com as seqüências de genes do feto'' diz o professor Darren Griffin. "A resposta não é clara e a outra questão moral é por que não devemos intervir quando temos a tecnologia para evitar doenças perigosas e ameaçadoras da vida?" Outros cientistas já denunciaram a pesquisa como "irresponsável" e "uma raça para o primeiro geneticamente bebê projetado '.

 
Mais lidos
https://br.hidabroot.com/