De mau humor? Não fique chateado consigo mesmo...
Mais lidos

Psicologia

De mau humor? Não fique chateado consigo mesmo...

Se você aceitar sentimentos ruins sem se chatear você vai lidar com isso mais rápido.

14.08.17 | 18:34
De mau humor?  Não fique chateado consigo mesmo...
Se você está sempre se forçando a ser positivo e otimista o tempo todo e negando seus sentimentos, você está se preparando para uma depressão profunda de acordo com um novo estudo da Universidade de Berkeley.

Este estudo investigou 1300 adultos americanos para encontrar se existe uma relação entre aceitar nossas emoções e nossa saúde psicológica. Os resultados mostram que aqueles que se opuseram ou negaram seus sentimentos, se recusaram a reconhecer as emoções ruins ou se colocaram para baixo por se sentir mal, estavam em maior risco de estresse e pressão.

Por outro lado, aqueles que se permitiram sentir a tristeza, a decepção ou mesmo ciúmes e permitiram que os sentimentos diminuíssem, por conta própria, tendo menos problemas emocionais e mau humor.

"Nós descobrimos que a maneira como abordamos nossos sentimentos negativos é muito importante para nossa saúde geral", diz o pesquisador sênior Bert Ford. "As pessoas que têm essas emoções e não fazem uma auto-crítica, ou tentam mudar esses sentimentos, são mais capazes de lidar com o estresse e resolver esses sentimentos negativos".

Os participantes foram convidados a preencher questionários onde tiveram que avaliar com números o quanto eles concordam com frases como: "Eu digo a mim mesmo que não posso sentir assim". De um modo geral, aqueles que não estavam chateados consigo mesmo por estar de mau humor, estavam com a saúde emocional melhor do que aqueles que, em cada contratempo, se intimidavam incessantemente.

A segunda parte do estudo fez com que os participantes falassem em um vídeo gravado "entrevista de emprego" diante dos juízes. Depois, eles foram convidados a descrever a quão pressionados se sentiram. Os resultados mostraram que aqueles que não aceitaram seus sentimentos se sentiram muito mais pressionados do que aqueles que aceitaram seus sentimentos.

A terceira parte da pesquisa teve 200 participantes manteram um diário por 2 semanas descrevendo as coisas mais difíceis que estão passando. Quando eles fizeram um exame psicológico de saúde mental 6 meses depois, os participantes que se privaram de suas emoções negativas relataram mais problemas emocionais e mal humor do que aqueles que não ficaram chateados com suas emoções negativas.

O que isso nos diz? Não precisamos nos afundar na depressão, mas tampouco devemos oprimir vigorosamente qualquer raiva ou sentimento de humildade. Podemos não estar com melhor humor, mas está tudo bem; Vai passar! O estudo conclui que lutar com suas emoções e sentimentos só vai fazer você se sentir mal por mais tempo.