Mais lidos

Parashat Va’etchanan

Parashat Va’Ethanan - Para crianças

Ele imediatamente começou a obra: chamou os melhores profissionais, e os instruiu para usar o melhor e mais caro material do mercado, para construir um palácio luxuoso de alta qualidade.

04.08.17 | 00:14
Parashat Va’Ethanan - Para crianças
"Para lhe dar grandes cidades que você não construiu" (Deuteronômio 6, 10)

Era uma vez um homem rico que tinha dois filhos. Um filho era justo e correto, estudou a Torá desde manhã cedo até a noite e serviu Hashem com todo o seu coração. O segundo era mau e indisciplinado, e jogou fora a Torá e as mitsvot e se comportou contestamente de forma destrutiva.
Um dia, o pai chamou para o seu filho mau e lhe disse: "Ouça, meu filho, eu tenho um grande lote na melhor e mais bonita região da cidade, Eu te darei todo o meu dinheiro, e você vai usar -lo para construir uma casa magnífica. Boa sorte ".

O filho ficou surpreso e agradeceu ao pai animadamente: "Obrigado, pai"
Ele imediatamente começou a obra: chamou os melhores profissionais, e os instruiu para usar o melhor e mais caro material do mercado, para construir um palácio luxuoso de alta qualidade.

O palácio especial que estava sendo construído foi o assunto do dia na cidade, e todas as pessoas da cidade falaram sobre ele e o admiravam. Havia aqueles que iam todos os dias para acompanhar o processo da construção do magnífico palácio.

O filho bom, ouviu a notícia também. E em uma ocasião apropriada, ele se aproximou ao seu pai e lhe perguntou: "Querido pai, como pode ser que você prefere o filho mau do que eu?"
"Confie em mim," o pai respondeu. "Eu sei o que estou fazendo."
O filho não continuou a perguntar, e voltou ao estudo da Torá.

Dia após dia a construção continuava e o prédio estava quase completo. Mas enquanto a situação do palácio estava melhorando - a situação do filho mau estava se deteriorando. Afinal, ele viveu uma vida de deboche, continuou a sua vida de devassidão, comeu e bebeu sem pensar - e isso teve um grande efeito em sua saúde. Ao longo do tempo, ele enfraqueceu e adoeceu, e tudo isso levou ele a falecer. E para as mãos de quem passou o magnífico e maravilhoso palácio? Claro, para o seu único irmão - o filho justo!

Agora, o filho justo entendeu e disse: "Meu pai realmente sabia o que ele fazia, assim eu ganhei duas coisas: antes de tudo - enquanto meu pobre irmão trabalhava duro para guiar os trabalhadores e supervisionar o trabalho, aproveitei o tempo e estudei a Torá. A segunda coisa é que se eu tivesse que construir o palácio, não teria conseguido alcançar um resultado tão glorioso e maravilhoso, porque não tenho entendimento e sabedoria em todos os luxos que meu irmão trouxe para o palácio.

Hashem, abençoado seja Ele, trouxe o povo de Israel para a Terra de Israel, e deu-lhes tudo pronto, herdar a terra boa e gloriosa e desfrutar de tudo nela.